Polícia mexicana desmantela laboratório de drogas na fronteira com EUA

Agência ANSA

CIDADE DO MÉXICO - O Exército mexicano desmantelou um laboratório de processamento de drogas no estado de Baixa Califórnia, que fica na fronteira com os Estados Unidos, segundo informaram fontes oficiais.

Duas pessoas foram presas e o laboratório, que ficava na cidade de Mexicali, foi destruído. Vizinhos do estabelecimento relataram aos oficiais a frequência com que sentiam cheiros de produtos químicos.

Entre os materiais apreendidos, destacam-se 50 quilos de soda cáustica e mais de 100 litros de acetona.

Em outra operação, realizada na localidade de Playas de Rosarito após a polícia local receber um telefonema anônimo alertando sobre a presença de homens suspeitos na região, também foram detidos três traficantes que tentavam carregar um caminhão com drogas.

No total, as autoridades encontraram com o grupo 506 pacotes de maconha, que somam quase cinco toneladas, quatro armas e 200 cartuchos.

O combate ao crime organizado é uma das principais bandeiras do governo do presidente mexicano, Felipe Calderón. Para isto, o país conta com ajuda dos EUA, por meio de um acordo firmado entre as duas nações em 2008.

Intitulado Iniciativa Mérida, o tratado que prevê que Washington disponibilize US$ 1,4 bilhão ao longo dos próximos três anos para investimentos no combate aos cartéis de drogas.