Explosões em estações do metrô de Moscou deixam 37 mortos

Agência AFP

MOSCOU - Pelo menos 37 pessoas morreram e 30 ficaram feridas em duas explosões em estações do metrô de Moscou. O primeiro atentado ocorreu na estação de Lubyanka, onde 25 pessoas morreram. Cerca de 45 minutos depois, uma outra bomba explodiu em Park Kultury, matando 12 passageiros.

As autoridades atribuem os atentados a duas mulheres suicidas. As explosões ocorreram no horário de maior movimento do metrô, por volta das 8h locais (1h em Brasília).

O último ataque terrorista confirmado em Moscou aconteceu em 2004, quando um homem bomba explodiu do lado de fora de uma estação de metrô, matando 10 pessoas.

As explosões desta segunda-feira paralisaram o Centro de Moscou.