Exército dos EUA alerta mulheres para golpistas cibernéticos

Agência AFP

WASHINGTON - Golpistas cibernéticos estão usando a internet para se apresentar como soldados americanos em missão no exterior, prometendo amor e casamento e desta forma enganando as mulheres para tirar delas milhares de dólares, advertiu o comando de investigação criminal (CID) do Exército dos Estados Unidos.

Agentes especiais do comando advertiram que foram informados sobre múltiplos incidentes nos quais pessoas na rede se apresentavam como soldados americanos e se "envolveram sentimentalmente com as vítimas femininas, aproveitando-se de seus sentimentos e patriotismo".

O porta-voz da entidade, Chris Grey, informou que estas pessoas com frequência usam informação sobre soldados reais, inclusive seus nomes e patentes, e tiram fotos de militares na rede para criar uma identidade falsa.

Estes indivíduos prometem "amor verdadeiro, mas acabam apenas arrasando corações e contas bancárias", alertou o CID.

Quando detectam uma vítima, os criminosos pedem dinheiro para supostamente comprar objetos, como laptops e passagens de avião.