Chile suspende toque de recolher um mês depois do terremoto

Agência AFP

SANTIAGO - As autoridades chilenas suspenderam nesta sexta-feira o toque de recolher na cidade de Concepção, uma das mais atingidas pelo terremoto que sacudiu o Chile há um mês, apesar das Forças Armadas continuarem patrulhando as ruas.

O anúncio foi feito pelo Comando de Operações Terrestres encarregada da segurança de Concepción e as cidades que permaneceram sob esta medida.

O toque de recolher foi decretado nesta cidade de meio milhão de habitantes dois dias depois do terremoto de 27 de fevereiro, em meio a saques e atos de vandalismo de centenas de habitantes.

O terremoto de magnitude 8,8 graus e o tsunami que atingiram o Chile em 27 de fevereiro deixaram até o momento 452 mortos confirmados e quase uma centena de desaparecidos, além de 30 bilhões de dólares em danos.