Ex-prisioneiros uigures de Guantánamo chegam a Suíça

Agência AFP

GENEBRA - Dois uigures de nacionalidade chinesa, naturais da província de Xinjiang, ex-detentos de Guantánamo, desembarcaram nesta terça-feira na Suíça, que aceitou recebê-los apesar dos protestos da China.

- Os dois uigures de nacionalidade chinesa que a Suíça decidiu receber em caráter humanitário chegaram ao cantão de Jura na terça-feira - informa um comunicado do Conselho Federal (governo).

Os dois irmãos, de 45 e 34 anos, foram transferidos de Guantánamo para o cantão como parte de uma colaboração Suíça-EUA.