Sarkozy faz mudanças no governo após derrota

Jornal do Brasil

PARIS - O presidente francês, Nicolas Sarkozy, promoveu segunda-feira uma reformulação no governo após a derrota da direita governante nas eleições regionais de domingo, afastando um de seus principais ministros, o titular da pasta do Trabalho, Xavier Darcos. A informação foi divulgada.

Afastado do governo, Darcos foi substituído por Eric Woerth, o então ministro do Orçamento. François Baroin, um deputado próximo ao ex-presidente Jacques Chirac, foi designado para ocupar o antigo cargo de Woerth.

Sarkozy fará quarta-feira uma declaração à imprensa, no final do conselho semanal de ministros, para justificar as substituições. Terça-feira, o presidente deve participar ao lado do seu homólogo espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, do funeral de um policial francês assassinado na semana passada por um comando da organização separatista basca ETA.

Campanha

Aproveitando as baixas sofridas pelo governo, o ex-primeiro-ministro francês Dominique de Villepin, inimigo jurado do presidente Nicolas Sarkozy, anunciará formalmente na quinta-feira a criação de um movimento a serviço dos franceses , visando à eleição presidencial de 2012, indicou à rádio France Inter o deputado François Goulard, aliado de Villepin.

No domingo, depois da derrota da direita governista nas eleições regionais francesas, o ex-chefe de governo francês entre 2005 e 2007 anunciou que pretende lançar também um novo partido político.

Por enquanto, não tem nome. Será criado oficialmente em junho afirmou Goulard.