Hillary: Israel deve adotar decisões difíceis mas necessárias à paz

Agência AFP

WASHINGTON - A secretária de Estado americana, Hillary Clinton, pedirá nesta segunda-feira a Israel que adote 'decisões difíceis, mas necessárias' para a paz com os árabes, segundo trechos de um discurso que fará na reunião anual da AIPAC, o principal grupo de lobby judaico nos Estados Unidos.

De acordo com Hillary, o caminho para a paz "requer que todas as partes - incluindo Israel - tomem decisões difíceis, mas necessárias". Também destaca que é importante "dizer a verdade" aos amigos quando necessário.

A secretária de Estado completa que o presidente Barack Obama e ela têm um compromisso "sólido" com a segurança de Israel.

- Para o presidente Obama, e para mim, e para toda esta administração, nosso compromisso com a segurança de Israel e o futuro de Israel é sólido como uma rocha - ressaltou.

- Garantir a segurança de Israel é (...) um compromisso pessoal ao qual nunca renunciarei - completou.