Haiti receberá US$ 35 milhões a mais do Fundo de Água

Agência AFP

MADRI - O Haiti, país mais beneficiado pelo Fundo de Água e Saneamento, criado pela Espanha para os países da comunidade iberoamericana, receberá 35 milhões de dólares a mais para projetos de saneamento, anunciou nesta segunda-feira a secretária espanhola de Cooperação, Soraya Rodríguez.

O fundo conta com 1,5 bilhão de euros (1,9 bilhão de dólares) para serem destinados a projetos de acesso à água durante quatro anos.

Antes do terremoto de 12 de janeiro, que deixou mais de 220.000 mortos e 1,3 milhão de pessoas desabrigadas, o país caribenho tinha recebido 90 milhões de euros (130 milhões de dólares), mas depois do terremoto foi decidido um aporte de fundos adicional de 35 milhões de dólares para sistemas de saneamento, segundo a secretária.

O Fundo de Água recebeu até agora solicitações para financiar projetos em todos os países latino-americanos, à exceção do México, e custeia até 46 projetos, tendo gasto "mais da metade" dos 1,5 bilhão de dólares, segundo fontes da secretária.

Soraya Rodríguez fez nesta segunda-feira um balanço do desenvolvimento do Fundo de Água e nomeou o cantor uruguaio Jorge Drexler "embaixador da boa vontade do Fundo de Água".