Imprensa americana projeta aprovação da reforma da saúde

Portal Terra

DA REDAÇÃO - Uma estimativa do jornal The New York Times aponta que a reforma da saúde deverá ser aprovada por 218 votos, todos do Partido Democrata, dois a mais do que o mínimo de 216 votos necessários. O canal de TV CBS também estimou que o Partido Democrata já garantiu os 216 votos. O Partido Republicano deciciu votar em bloco contra a reforma.

A divisão da Câmara dos Representantes - como é chamada a Câmara dos Deputados americana - sobre o projeto ficou clara na decisão sobre as regras de como será a votação. Foram 224 votos a favor e 204 contra. Vinte e oito deputados do Partido Democrata votaram junto com os republicanos.

O projeto do governo pretende estender a cobertura a 32 milhões de americanos que atualmente não contam com nenhum plano de saúde.

O último voto anunciado a favor da reforma foi do deputado democrata Paul E. Kanjorski, da Pensilvânia, que era um dos últimos indecisos.

Os debates ao projeto começaram por volta das 11h (horário de Brasília), com discursos de deputados democratas e republicanos. O Partido Democrata e o próprio presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, passaram o dia nas últimas articulações para a principal votação que, segundo a rede de TV CBS, deve ocorrer apenas por volta das 23h (também horário de Brasília).