Primeira rodada da Copa Davis começa com desfalques

Agência AFP

PARIS - As estrelas do tênis mundial dão as costas à primeira rodada da Copa Davis, que será realizada entre sexta-feira e domingo, em Paris, e que não contará com o suíço Roger Federer, com o espanhol Rafael Nadal e com o argentino Juan Martín del Potro.

Os três tenistas serão os principais ausentes do confronto entre Espanha e Suíça, a ser disputado em Logroño, e de Suécia-Argentina, que terá lugar em Estocolmo.

O número um do tênis mundial foi rápido em avisar que não irá à rodada, porque não gosta do saibro, quando o circuito ATP se desenvolve atualmente em quadra dura, enquanto o espanhol, número três do ranking, está com o joelho machucado.

Com esta importante ausência (Nadal não joga desde o Aberto da Austrália de tênis), David Ferrer, o quarto melhor espanhol, e Nicolás Almagro, o número oito do tênis ibérico, serão os principais integrantes da 'Armada' que quer se impor à Suíça, liderada por Stanislas Wawrinka.

Já a Argentina não pode contar com Del Potro, quinto da ATP, nem com Juan Mónaco (27) para sua visita à Suécia, onde Eduardo Schwank e Leonardo Mayer terão a responsabilidade de competir com a equipe encabeçada por Robin Soderling, o sétimo jogador do mundo.

David Nalbandián, que acaba de se recuperar de uma operação no quadril, participa da viagem, mas não jogará as primeiras partidas individuais.

O sérvio Novak Djokovic, perseguidor de Federer na ATP, também competirá na Davis, assim como outros jogadores do "Top 10" que responderam ao chamado, como o chileno Fernando González (10) e o croata Marin Cilic (9).