Chile registra três terremotos secundários durante a madrugada

Agência Brasil

SANTIAGO - O Chile registrou, na madrugada desta quinta-feira, mais três tremores secundários. O primeiro foi à 0h23 (horário local), e teve intensidade de 4,8 graus na escala Richter, com epicentro a dois quilômetros ao sudeste de Pelluhue, região de Maule. À 1h23, um outro tremor, de 4,9 graus, foi registrado a 50 quilômetros ao norte de Talca. Não há ainda informações sobre vítimas.

Às 6h03, um novo tremor de 5,1 graus foi registrado, com epicentro na costa, próximo à cidade de Lebu. As informações são da agência de notícias argentina Telam. O Chile foi atingido no último sábado (27) por um terremoto de 8,8 graus, que devastou várias cidades.

Nas últimas horas de ontem (3), em menos de meia hora, dois abalos foram registrados nas proximidades da costa de Valparaíso, segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, sigla em inglês) entidade que monitora abalos sísmicos em todo o planeta.

Mais de 802 pessoas morreram em decorrência dos tremores, segundo o governo chileno. Dessas, mais de 500 foram vitimadas pelos tsunamis (ondas gigantes) que atingiram a costa chilena.