Piratas somalis sequestram mais um petroleiro

Agência AFP

NAIRÓBI - Piratas somalis sequestraram na segunda-feira, no Golfo de Aden, um petroleiro saudita com 14 tripulantes a bordo, informou nesta quarta-feira o diretor do Programa de Assistência aos Marinheiros para o Leste da África, que tem sede no Quênia.

O "MT Al Nisr Al Saudi", um navio tanque, foi interceptado por piratas, com 13 marinheiros cingaleses e um capitão grego, informou Andrew Mwangura. - O navio voltava do Japão para Jidá, na Arábia Saudita - disse Mwangura.

- Os piratas desviaram o petroleiro imediatamente para a costa leste da Somália - completou.