Lula diz que não é prudente 'encostar' o Irã na parede

JB Online

BRASÍLIA - Antes do encontro com a secretária de Estado americana, Hillary Clinton, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta quarta-feira que não é prudente encostar o Irã na parede. Segundo ele, a medida acertada seria investir no diálogo para resolver o impasse sobre o programa nuclear de Teerã.

Hillary Clinton, que esteve pela manhã no Congresso, busca o apoio do Brasil para impor sanções ao Irã por seu programa nuclear.

- O Brasil tem uma visão clara sobre o Oriente Médio e sobre o Irã. O Brasil entende que é possível construir outro rumo. Eu já disse para Obama, já disse para Sarkozy que não é prudente encostar o Irã na parede. O que é prudente é estabelecer negociações - disse Lula.

- Eu quero para o Irã o mesmo que quero para o Brasil: utilizar o desenvolvimento da energia nuclear para fins pacíficos - ressaltou.

- Se há um país que pode dar lição ao mundo sobre comportamento de paz é o Brasil - acrescentou.