Número de mortos sobe para 795 no Chile (Bachelet)

Agência AFP

SANTIAGO - O número de mortos, vítimas do terremoto que abalou o Chile no sábado passado, chega a 795, anunciou há pouco a presidente Michelle Bachelet, ao visitar a cidade de Curicó, no sul do país.

O Departamento Nacional de Emergência (Onemi, na sigla em espanhol) enviou à presidente um último balanço de 763 mortos mas Bachelet o atualizou, pessoalmente, depois da confirmação de outros 32 falecidos.

"Acabam de me informar que, em Maule, há 32 mortos", afirmou.

Com isso, o número de vítimas chega a 586 mortos na região de Maule; 92 em Biobio; 48 em O'Higgins; 38 na Região Metropolitana; 31 na Região de Valparaíso; e 13 em Araucania.