Brasileira no Chile diz que se protegeu sob batente de porta

Portal Terra

SANTIAGO - A brasileira Célia Hueck, que está hospedada com o marido em um hotel de Santiago, afirmou que, no momento do terremoto de 8,8 graus que atingiu o Chile nesta madrugada, se protegeu sob o batente da porta do quarto. De acordo com a agência de notícias Ansa, ela afirmou que recordou instruções que havia recebido em viagens ao México.

"Estávamos dormindo. Senti a cama mexendo e o tremor foi aumentando. Então acordei meu marido e fomos para debaixo do batente da porta do quarto, seguindo instruções que conhecíamos de viagens ao México", disse a turista brasileira, em entrevista à ANSA.

Célia disse ainda que o tremor foi muito intenso e longo. "Fiquei sabendo que durou um minuto, mas para nós pareceu muito mais", disse. Após duas semanas no Chile, o casal se preparava para voltar na tarde deste sábado ao Brasil. Entretanto, o aeroporto de Santiago deverá permanecer fechado por cerca de 72 horas.

Ainda sentido o tremor, Célia e o marido decidiram deixar o hotel. Hospedados no quinto andar, eles desceram as escadas no escuro, já que a energia havia sido cortada. Durante o período da manhã, um novo tremor foi sentido, obrigando todos hospédes a irem para a rua novamente.

Célia afirmou também que o clima no local era aparentemente tranquilo na tarde deste sábado. Segundo ela, não há sinal de destruição ou dano material grave na região do hotel. Entretanto, ela realtou dificuldade em se comunicar com o Brasil. "Estou agora no saguão do hotel. A internet está bem, mas os celulares, ao menos os do Brasil, ainda não funcionam", disse.

Terremoto no Chile

Um terremoto de 8,8 graus na escala Richter, com epicentro no mar, sacudiu o centro do Chile, a 300 km ao sul da capital Santiago, segundo dados do Instituto Geológico dos Estados Unidos (USGS). Pelo menos 180 pessoas morreram, informou o canal estatal Televisión Nacional. A presidente Michelle Bachelet declarou "estado de catástrofe" no país.

O chefe do ONEMI, Oswaldo Malsandi, disse que o abalo aconteceu às 3h26 pelo horário local (mesmo horário em Brasília) e teve epicentro a 90 km da cidade de Concepción. O número de vítimas mortais e feridos pode aumentar.