Irã disposto a trocar combustível nuclear em seu território

Agência AFP

TEERÃ - O governo iraniano disse que está disposto a comprar combustível para seu reator científico nuclear ou a obtê-lo com a troca de urânio levemente enriquecido, mas em seu próprio território, segundo uma carta enviada à agência nuclear da ONU, da qual a AFP obteve uma cópia.

A carta, assinada por Ali Asghar Soltanieh, embaixador do Irã na Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), tem como destinatário Yukiya Amano, diretor geral da agência, que tem sede em Viena.

- Gostaria de informar à agência, em nome de meu governo, que a República Islâmica do Irã continua buscando adquirir o combustível necessário para o reator - afirma o diplomata na carta, com data de 18 de fevereiro.

- No entanto, se a Agência se encontrar impossibilitada de cumprir com suas obrigações (...) o Irã está disposto a trocar o combustível necessário pelo urânio levemente enriquecido produzido em Natanz, em apenas um carregamento ou em vários, no território da República Islâmica do Irã - completa.