Cúpula propõe entidade para representar países latino-americanos

Agência Brasil

CANCUN - A 2ª Cúpula da Unidade da América Latina e Caribe termina nesta terça-feira no México com a divulgação de dois documentos: um deles vai criar uma entidade, ainda sem nome, que vai reunir os 33 países da América Latina e o México, inclusive Cuba. O organismo será um fórum de concertação política e cooperação regional, mas seu funcionamento ainda depende de regras que serão definidas em até dois anos.

Segundo o subsecretário-geral do Itamaraty para América do Sul, Antonio Simões, durante a cúpula o presidente venezuelano, Hugo Chávez, chegou a sugerir que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva coordene o grupo. Essa proposta foi feita ao estilo espontâneo do presidente Chávez, mas não houve nenhuma articulação e nem consulta prévia ao presidente Lula que foi surpreendido com a ideia , acrescentou.

Os países que participam do encontro no México divulgaram há pouco a Declaração de Cancún: o documento abrange os temas de cooperação em todas as áreas entre os países da Amárica Latina e caribe e vai funcionar como um grande programa de trabalho que servirá de base para as próximas cúpulas de 2011, na Venezuela, e de 2012, no Chile.

O presidente do Haiti, Rene Preval, aproveitou o encontro para pedir aos países que ajudem com o envio de tendas devido à proximidade do período de chuva.

Depois do encerramento da cúpula, Lula tem encontro reservado com presidente mexicano, Felipe Calderón. Eles devem se reunir com empresários dos dois países. Um dos assuntos em discussão é a criação de acordo de livre Comércio entre Brasil e México. O tema, visto com simpatia pelos dois presidentes, está enfrentando resistência dos empresários mexicanos. O México tem acordo de livre comércio com mais de 70 países, incluindo os Estados Unidos e os da União Europeia.

De Cancún, o presidente Lula segue para Cuba e ainda esta semana visita Haiti e El Salvador. Essa é a última visita do presidente brasileiro como chefe de estado ao Caribe e América Central.