Ahmadinejad: EUA é principal obstáculo para aparição do profeta Mahdi

Agência AFP

TEERÃ - O presidente do Irã, Mahmud Ahmadinejad, afirmou nesta terça-feira que os Estados Unidos representam o principal obstáculo para a aparição de Mahdi, o 12º e último imã do islã xiita iraniano, que desapareceu no século IX e cujo retorno salvará o mundo, informou o canal de televisão estatal.

- O principal obstáculo para a aparição (do imã Mahdi) são as potências opressivas e, à sua frente, os Estados Unidos, porque elas desviam o pensamento da humanidade de Deus, dos profetas, dos valores morais e divinos - declarou Ahmadinejad durante um discurso no interior do país.

- Mas graças a Deus, a frente das potências satânicas dirigida pelos Estados Unidos está desaparecendo - acrescentou Ahmadinejad, que regularmente cita em seus discursos a aparição do imã Mahdi, "ocultado" aos olhos do mundo em 874, aos seis anos, segundo a tradição xiita.

Os xiitas duodécimos, que representam quase 10% da população muçulmana no mundo e são majoritários no Irã e Iraque, acreditam que Mahdi, o 12º sucessor do profeta Maomé, também chamado de "imã escondido", voltará um dia à Terra para instaurar a paz e a justiça.

Também acreditam que Jesus Cristo, reconhecido pelo islã como um profeta, regresará ao mesmo tempo que o imã Mahdi.