Premier turco afirma que mais de 40 foram presos em complô

Agência AFP

ANCARA - Mais de 40 pessoas foram detidas na Turquia em uma operação para desmantelar um suposto complô contra o governo conservador, anunciou em Madri o primeiro-ministro Recep Tayyip Erdogan.

- Há mais de 40 pessoas detidas - disse Erdogan em uma entrevista coletiva em Madri após um encontro com o colega espanhol José Luis Rodríguez Zapatero.

As emissoras de televisão turcas haviam informado mais cedo que vários ex-comandantes do Exército foram detidos nesta segunda-feira dentro de uma operação que investiga uma suposta conspiração para derrubar o governo de Erdogan.