Policial de NY absolvido de acusação de violência sexual com cacetete

Agência AFP

NOVA YORK - Um policial que há dois anos foi acusado de ter sodomizado um homem com um cacetete em uma estação de metrô de Nova York foi absolvido nesta segunda-feira por um tribunal local.

O agente Richard Kern foi declarado inocente das acusações por um tribunal do Brooklyn. Outros dois policiais acusados de serem cúmplices também foram absolvidos, informou o tribunal.

Kern foi acusado em dezembro de 2009 de abuso sexual grave e podia pegar até 25 anos de prisão se fosse declarado culpado. Os outros dois oficiais eram acusados de cumplicidade com Kern.

Michael Mineo, funcionário de uma loja de tatuagens, acusou os policiais de o terem atacado em uma estação de metrô no dia 15 de outubro de 2008 e de o terem agredido sexualmente com um cacetete, rasgando seu reto.

A vítima pedia 440 milhões de dólares de indenização.