Otan 'não é um inimigo da Rússia', afirma seu secretário geral

Agência AFP

WASHINGTON - A Rússia não tem nada a temer em relação à Otan e o documento militar do Kremlin que indica que a expansão desta aliança é uma ameaça chave não tem fundamento, disse nesta segunda-feira o secretário geral da Otan, Anders Fogh Rasmussen.

"A Otan não é um inimigo da Rússia e a Otan não tem intenção alguma de atacar a Rússia", disse Rasmussen.

Rasmussen disse que gostaria de ver uma cooperação maior entre a Otan e a Rússia em uma série de temas que os preocupa mutuamente, incluindo o Afeganistão e o desenvolvimento de um escudo de defesa anti-mísseis.

"Gostaria muito que o sistema de defesa de mísseis dos Estados Unidos, o sistema de defesa da Otan e o da Rússia se unissem para coordenar um sistema comum contra os mísseis hostis", disse.