Governo vai agir para impedir falta de combustível na França

Agência AFP

PARIS - O governo francês adotará medidas para impedir que o país sofra com a falta de combustível em consequência de uma greve nas refinarias da empresa Total, anunciou o ministro francés da Indústria, Christian Estrosi.

As seis refinarias francesas do grupo petroleiro estão paralisadas nesta segunda-feira. Os sindicatos protestam contra a perspectiva de fechamento da instalação de Dunkerque.

Estrosi afirmou que o governo terá reuniões para adotar as medidas para que a França não sofra com a suspensão do fornecimento de combustível.