EUA: ataque contra o Irã não seria 'decisivo'

Agência AFP

WASHINGTON - O chefe do Estado-Maior dos Estados Unidos, Almirante Michael Mullen, disse nesta segunda-feira que um eventual ataque contra o Irã não seria "decisivo" para contra-atacar o programa nuclear da República Islâmica.