Cidadãos do Mercosul poderão viajar à Venezuela sem passaporte

Agência AFP

CARACAS - Os cidadãos dos países membros do Mercosul e de algumas nações associadas ao organismo poderão viajar à Venezuela sem passaporte a partir desta quinta-feira, informou nesta segunda-feira o diretor do serviço de Identificação de Estrangeiros, Dante Rivas.

"A partir de quinta-feira estaremos capacitados para receber cidadãos dos países assistentes apenas com a cédula de identidade, sem a necessidade do passaporte", explicou Rivas à imprensa.

Os países que se beneficiarão da medida são os membros permanentes do Mercosul: Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai, além das nações associadas ao grupo, Bolívia e Chile.

"Estamos estudando os documentos de identidade de cada país para pôr a ideia em prática", explicou.

Além disso, o funcionário disse que a Venezuela espera "a curto prazo" a reciprocidade desta medida por parte dos países do Mercosul.

A ação busca cumprir parcialmente o "Acordo sobre Documentos de Viagem dos Estados Membros do Mercosul e dos Estados Associados", segundo informaram meios de comunicação oficiais.

Atualmente, a Venezuela espera a aprovação do Paraguai para ingressar no Mercosul, já que os três outros sócios do grupo já autorizaram.

Até o momento, o Congresso paraguaio resistiu a aprovar a entrada da Venezuela no bloco e o próprio presidente do Parlamento disse que manterá sua posição enquanto o presidente Hugo Chávez estiver no poder.