Autoridades dos EUA tomaram conhecimento de falhas da Toyota em 2003

Agência AFP

WASHINGTON - O secretário de Transportes americano, Ray LaHood, anunciou que seu departamento estava a par dos problemas dos aceleradores da Toyota em 2003, isto é, três anos antes da abertura de uma investigação preliminar a respeito.

As declarações de LaHood, publicadas em seu portal na internet, foram feitas depois das revelações da seguradora State Farm, de que comunicou os problemas de aceleração súbita à Agência americana de Segurança Viária (NHTSA, nas siglas em inglês), em fevereiro de 2004.

Estas falhas podem ter causado pelo menos 34 mortes nos Estados Unidos, pelo que o fabricante japonês anunciou em 26 de janeiro a suspensão das vendas e da produção de oito de seus modelos no país.

O presidente da Toyota, Akio Toyoda, aceitou comparecer a um comitê do Congresso dos Estados Unidos no próximo dia 24, quarta-feira, para se justificar. A empresa é acusada de ter ocultado ou destruído provas sobre os problemas de seus veículos.