Israel mostra novo avião não tripulado, que pode sobrevoar o Irã

Jornal do Brasil

RIO DE JANEIRO - Israel apresentou ontem um novo modelo de avião não tripulado, maior que o convencional e de longo raio de ação, que permite sobrevoar o Irã. Segundo uma nota oficial do governo israelense, o aparelho constitui uma evolução significativa na fabricação de aviões sem piloto , nas palavras do comandante da Força Aérea israelense, general Ido Nehustan.

Batizado de Eytan (Forte, em hebreu), a aeronave é fruto de dezenas de anos de pesquisas realizadas em conjunto pelas Indústrias Aeroespaciais de Israel (Israel Aircraft Industries - IAI) e pela Força Aérea.

Com 24 metros de comprimento e envergadura de 26 metros, seu tamanho é comparável ao de um Boeing 737. A aeronave pesa 4,5 toneladas e possui autonomia de voo de mais de 24 horas, o que lhe permite sobrevoar o Irã, inimigo assumido de Israel.

Dotado de câmeras, radares e equipamentos para operações de cartografia, o avião chega a 13 mil metros de altitude e pode transportar carga útil de até uma tonelada.

Israel é precursor no emprego de aviões não tripulados. O país é o maior concorrente dos EUA neste campo.