Dez mulheres e 10 homens formam novo gabinete ministerial na Bolívia

JB Online

LA PAZ - Dez mulheres e 10 homens formam o novo ministério boliviano, anunciado neste sábado pelo presidente Evo Morales. Apenas sete dos antigos ministros continuam no cargo: das Relações Exteriores, David Choquehuanca; de Economia e Finanças, Luis Arce; de Autonomias, Carlos Romero; de Obras Públicas, Walter Delgadillo; de Educação, Roberto Aguilar; de Transparência e Luta contra a Corrupção, Nardi Suxo; e Oscar Coca, que deixa a pasta de Hidrocarbonetos para a Presidência.

Entraram no governo os ministros Ruben Saavedra (Defesa), Sacha Llorenti (Governo), Antonia Rodríguez (Desenvolvimento Produtivo), Carmen Trujillo (Trabalho, Emprego e Previdência Social), Elba Viviana Caro (Planejamento do Desenvolvimento); Luis Fernando Vicenti (Hidrocarbonetos e Energia); Milton Gómez (Mineração e Metalurgias), Hilda Copa Condori (Justiça), Sonia Polo (Saúde); Esther Udaeta (Meio Ambiente); Nemesia Achacollo (Desenvolvimento Rural e Terras); e a cantora Zulma Yugar, na pasta da Cultura.