Chávez: máquina dos EUA causou abalo no haiti

Jornal do Brasil

CARACAS - Para o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, o terremoto que devastou o Haiti foi obra dos americanos. Em um comunicado divulgado na rede estatal de TV Vive, o líder bolivariano afirmou que o sismo do Haiti foi um claro resultado de um teste da Marinha americana . Segundo Chávez, o abalo foi provocado por uma espécie de máquina de terremotos.

O presidente garante ter provas do que diz. Segundo ele, existe um relatório preparado pela Frota Russa do Norte, segundo o qual o terremoto experimental dos EUA devastou o país caribenho . As informações são do jornal espanhol ABC.

De acordo com o texto, a Frota do Norte monitorou os movimentos e as atividades navais americanas no Caribe desde 2008, quando os EUA anunciaram sua intenção de restabelecer a Quarta Frota, dissolvida em 1950 .

O relatório citado por Hugo Chávez compara o teste de duas dessas armas de terremoto realizados na semana passada pela Marinha americana. A experiência realizada no Pacífico teria provocado um terremoto de magnitude 6,5 em Eureka, na Califórnia, sem vítimas, enquanto o teste realizado no Caribe provocou a morte de pelo menos 140 mil inocentes .

Segundo o texto russo, é mais que provável que Washington tivesse conhecimento total do catastrófico dano que esse teste de terremoto poderia ter sobre o Haiti e por isso posicionou seu comandante do Comando do Sul, o general P.K. Keen, na ilha para supervisionar os esforços de ajuda, caso fosse necessário .

Em relação ao objetivo de Washington com os testes, o relatório afirma que no resultado final dos testes dessas armas está o plano dos EUA da destruição do Irã através de uma série de terremotos pensados para derrubar seu atual regime islâmico .

Chávez afirma ainda que o Departamento de Estado, Agência Americana de Cooperação para o Desenvolvimento Internacional (Usaid) e o Comando Sul dos EUA começaram a invasão humanitária ao enviar pelo menos 10 mil soldados e empreiteiros para controlar o Haiti.