Autoridades italianas encontram carro com explosivos na Calábria

Agência ANSA

ROMA - Autoridades italianas encontraram armas, explosivos e produtos inflamáveis em um automóvel estacionado próximo ao aeroporto de Reggio Calabria, cidade que recebeu esta manhã o presidente do país, Giorgio Napolitano.

Segundo os policiais do Comando Provincial, o veículo, que estava estacionado, sem estar trancado e com uma janela semiaberta, chamou a atenção de uma viatura que passava pelo local.

O automóvel foi isolado por volta das 12h30 locais (9h30 no horário de Brasília), e foi excluída a possibilidade de qualquer tipo de ligação com a visita do chefe de Estado.

- A descoberta do automóvel com explosivos confirma a situação difícil que se vive em Reggio Calabria - disse à ANSA o procurador Giuseppe Pignatone, que acompanha as investigações do caso.

Uma das hipóteses levantadas é que o veículo seria utilizado em um atentado contra comerciantes e empreendedores locais.

Hoje, em visita ao município, localizado na Calábria, sul do país, Napolitano disse que o Estado deve combater as organizações mafiosas. A região é considerada uma das mais violentas, com uma forte presença da 'Ndrangheta (máfia calabresa).