Chegam ao Brasil os corpos dos militares mortos no Haiti

JB Online

MANAUS - Chegou esta manhã ao aeroporto de Manaus o avião da Força Aérea Brasileira (FAB) com os corpos dos 17 militares brasileiros mortos após o terremoto no Haiti.

Segundo nota divulgada pelo Exército, nesta quarta-feira, a cerimônia de homenagem aos militares será realizada em Brasília apenas na quinta-feira. Segundo a nota, o adiamento da cerimônia se deve ''à necessidade de complementação dos trabalhos de medicina legal, no tocante à conservação dos corpos, em razão das sérias dificuldades de infraestrutura no Haiti, após a tragédia''.

Confira a íntegra da nota do Exército:

''O Centro de Comunicação Social do Exército informa que o traslado dos corpos, para o Brasil, de 17 (dezessete) militares do Exército Brasileiro, integrantes da Missão das Nações Unidas para a Estabilização no Haiti (Minustah) e que faleceram no cumprimento da missão, em razão do terremoto ocorrido naquele País, está sendo realizado em uma aeronave C-130 (Hércules), da Força Aérea Brasileira.

Tendo em vista a necessidade de complementação dos trabalhos de medicina legal, no tocante à conservação dos corpos, em razão das sérias dificuldades de infraestrutura no Haiti, após a tragédia, a referida aeronave fêz um pouso técnico na cidade de Manaus-AM.

A cerimônia de homenagens póstumas será realizada na Base Aérea de Brasília, no final da tarde do dia 21 de janeiro (quinta-feira), em horário a ser divulgado posteriormente''.

O major Márcio Guimarães Martins, que teve o corpo encontrado nesta madrugada, não veio no avião que chegou hoje a Manaus.