Haiti: Brasil enviará técnicos em saúde para avaliar risco de epidemia

Ivan Richard, Agência Brasil

BRASÍLIA - O governo decidiu nesta terça-feira enviar uma equipe de profissionais do Ministério da Saúde ao Haiti para avaliar o risco epidemiológico no país devastado por terremoto no último dia 12. A falta de condições mínimas de higiene e de água potável, além de centenas de corpos em decomposição estarem sob os escombros, favorecem a proliferação de doenças, como a malária.

De acordo com o Gabinete de Segurança Institucional (GSI), responsáveis pela coordenação das ações brasileiras em relação ao Haiti, os profissionais devem embarcar para o país caribenho nos próximos dias.

Entre hoje e amanhã (20), segundo o GSI, devem decolar outras quatro aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB) transportando ajuda humanitária e pessoal para socorro às vítimas dos terremoto. Com isso, chega a 18 o total de voos brasileiros para o Haiti desde a catástrofe.