Piñera manterá relações com a Venezuela, apesar de diferenças

JB Online

SANTIAGO - O presidente eleito do Chile, Sebastián Piñera, afirmou que buscará manter durante seu governo as melhores relações possíveis com o presidente venezuelano Hugo Chávez. Ele admitiu profundas diferenças com a sua administração e assinalou, no entanto, que acreditava na autodeterminação dos povos e na não intervenção em assuntos de outros países .

"Tenho muitas diferenças com a forma com que estão tratando as questões públicas na Venezuela", afirmou em entrevista à imprensa estrangeira, um dia depois de sair vencedor do segundo turno das eleições presidenciais.

"Quero dizer com muita clareza: essas diferenças são profundas e têm a ver como se concebe e se pratica a democracia, a forma como se concebe o modelo de desenvolvimento econômico e muito mais", assinalou o presidente eleito.