Ban Ki-moon no Haiti: meta é alimentar 1 milhão de sobreviventes

JB Online

PORTO PRÍNCIPE - O secretário-geral da ONU, Ban ki-moon, desembarcou no início da tarde de hoje no Haiti, onde fará uma visita ao país que, segundo ele, sofreu a pior tragédia da humanidade nas última décadas.

Ban Ki-moon sabe que a situação no país está próximo ao descontrole por causa da perda de Cité Soleil, favela da capital que foi reocupada pelos bandidos que estavam presos e fugiram da cadeia após o terremoto.

O chefe da ONU disse que a organização está conseguindo alimentar 40 mil pessoas no Haiti e que a nova meta é chegar a 1 milhão em duas semanas.