Pior ladrão do comércio britânico é preso por seu 321º crime

Portal Terra

ABERGELE - Um homem conhecido por ser o "pior ladrão do comércio" britânico foi preso ontem por um dia depois de cometer seu 321º roubo, informou o jornal britânico The Guardian neste domingo. David Archer, 54 anos, de Rhyl, no País de Gales, não pode passar 14 dos últimos 15 Natais com sua filha por estar sempre atrás das grades por cometer pequenos furtos.

Ontem, Archer admitiu ter roubado duas garrafas de uísque de uma loja em Abergele. O promotor David Mainstone afirmou que o ladrão já tinha uma "horrenda" lista de crimes anteriores e nada menos que 155 comparecimentos a cortes para prestar esclarecimentos. Archer já chegou a ser preso inclusive por roubar dinheiro de caixinhas de caridade.

Em outubro passado, ele passou 12 semanas preso pelo seu 317º roubo. Dois anos antes, ele passou dois dias preso por ter furtado o dinheiro da caixinha de caridade do Fundo de Pesquisa contra o Câncer de uma loja em Rhyl. Em janeiro, no seu 299º roubo, ele passou 28 dias atrás das grades simplesmente por causa do seu histórico "vergonhoso".

Na época, o juiz David Davies disse:

- Por causa do seu espantoso histórico, nós estamos impondo uma liberdade vigiada. É uma vergonha que você esteja abusando das instituições que tentam ajudá-lo.

Ontem, diante de mais um roubo de Archer, seu advogado de defesa, Andrew Hutchinson, afirmou:

- O que eu posso dizer que outros colegas já não tenham dito?