Brasileiros feridos são levados de helicóptero para hospital

Portal Terra

PORTAL TERRA -

Dois brasileiros foram transportados de helicóptero para um hospital no Suriname após serem feridos durante ataques ocorridos contra a comunidade brasileira na véspera de Natal, na cidade de Albina, no Suriname. O conflito teria sido deflagrado após a morte de um cidadão local. Um brasileiro é acusado pelo homicídio.

O grupo de 81 brasileiros que se refugiou inicialmente em um quartel, foi transferido pelo governo local para a capital, Paramaribo. A cidade de Albina, a 130 km da capital, é o principal ponto de fronteira com a Guiana Francesa e atrai grande quantidade de garimpeiros brasileiros.

Existem tensões em Albina entre exploradores de ouro brasileiros e surinameses, incluindo ameríndios, que enfrentam uma alta taxa de desemprego. Albina, uma cidade com cerca de 5 mil moradores, é o principal ponto de cruzamento para a Guiana Francesa.

Segundo a embaixada brasileira, vivem atualmente no Suriname entre 15 mil e 18 mil brasileiros, a maioria dedicada ao garimpo. Não há relatos de conflitos anteriores entre os brasileiros e os moradores locais.