Cargas de aviões estão vulneráveis a ataques, diz relatório

Portal Terra

NOVA YORK - A Administração de Segurança de Transportes (TSA, na sigla em inglês) dos Estados Unidos não está garantindo plenas condições de segurança às cargas que são transportadas nos aviões de passageiros, deixando as aeronaves sob o risco de ataques terroristas, de acordo com um relatório obtido pelo jornal americano USA Today.

- As cargas no transporte aéreo estão vulneráveis - informou o relatório assinado pelo inspetor-geral do Departamento de Segurança Interna dos EUA. O documento cita repetidos problemas enfrentados pela TSA para evitar que terroristas escondam bombas dentro das dezenas de toneladas de carga levadas nos aviões todos os dias.

Os investigadores puderam circular livremente pelos "supostamente seguros depósitos" onde a carga é armazenada antes de ser levada aos aviões, segundo o relatório. O inspetor-geral Richard Skinner também encontrou alguns funcionários dessas áreas que não haviam recebido o treinamento necessário para aquele tipo de trabalho.

A TSA "não vem sendo efetiva" em fornecer segurança às companhias aéreas ao não cumprir as regras para transporte de cargas, escreveu Skinner no relatório. Como resposta, o administrador do órgão, Gale Rossides, disse que já "há acordos" para que o problema seja resolvido, inclusive o treinamento dos funcionários.