OEA instala comissão para fiscalizar acordo em Honduras

Agência Brasil

TEGUCIGALPA - A comissão prevista pelo acordo firmado entre representantes do presidente interino de Honduras, Roberto Micheletti, e do presidente deposto Manuel Zelaya deve ser instalada nesta terça-feira. Dela farão parte dois hondurenhos e dois representantes da comunidade internacional.

O representante de Micheletti será o empresário Arturo Corrales e o de Zelaya, Jorge Reina. O secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), José Miguel Insulza, designou como representantes internacionais o ex-presidente do Chile Ricardo Lagos e a atual secretária de Trabalho dos Estados Unidos, Hilda Solis.

A comissão terá como tarefa principal fiscalizar a instalação do governo de reconciliação nacional, que deve ocorrer até à próxima quinta-feira.