Mãe de menino do balão admite "farsa"

JB Online

EUA - Mayumii Heene, mãe do menino de 6 anos envolvido na história de um balão desgovernado que voou pelos céus dos Estados Unidos, admitiu que todo o incidente não passou de uma farsa. Inicialmente, acreditava-se que o menino estava no balão, mas depois a família disse que o encontrou escondido no sótão. Nenhuma das versões era verdade.

De acordo com documentos divulgados nesta sexta-feira, Mayumii Heene afirmou que ela e o marido, Richard, tinham conhecimento que o filho Falcon estava escondido na casa durante todo o tempo em que a polícia tentava resgatar o balão, que voava à deriva.

O casal teria planejado o trote e falou para os três filhos mentirem para a imprensa. A farsa havia sido planejada duas semanas antes.