Tribunal da Nicarágua abre caminho para reeleição de Ortega

REUTERS

MANÁGUA - O Supremo Tribunal da Nicarágua suspendeu uma barreira constitucional que impede o presidente Daniel Ortega de buscar a reeleição, abrindo o caminho para outro mandato a partir da eleição de 2011.

A decisão do Supremo Tribunal precisa de aprovação formal de 16 juízes estaduais, mas o chefe da corte constitucional, Francisco Rosales, afirmou que a decisão deve ser mantida.

A medida do maior poder jurídico dá a Ortega a chance de concorrer às eleições presidenciais de 2011 sem precisar procurar apoio da Assembleia Nacional para mudar a Constituição ou convocar um referendo sobre a questão.