Detido número 1 do braço político do grupo separatista ETA

REUTERS

MADRI - O responsável pelo braço político do grupo separatista basco ETA, Aitor Elizarán Aguilar, foi detido nesta segunda-feira na França, em uma operação conjunta das polícias francesa e espanhola qualificada como "de grande importância" pelo ministro do Interior da Espanha, Alfredo Pérez Rubalcaba.

Elizarán Aguilar e outra integrante do grupo, Oiana San Vicente Sáez de Cerain, foram presos em um estacionamento na localidade de Carnac, no nordeste da França, informou a polícia francesa.

As prisões estão ligadas à detenção de seis importantes integrantes do partido político do ETA, Batasuna, na Espanha, na semana passada, informou Rubalcaba em entrevista coletiva concedida em Madri.

Sobre Elizarán pesava uma ordem de prisão, enquanto que a mulher, que foi vereadora em Salvatierra (Alava), apareceu no diário Gara em dezembro de 2008 anunciando que passaria a integrar o ETA.