Lula e Chávez têm encontro bilateral pela terceira vez no ano

Agência Brasil

BRASÍLIA - Pela terceira vez neste ano, os presidentes Luiz Inácio Lula da Silva, e da Venezuela, Hugo Chávez, têm um encontro bilateral. No dia 29, Lula e Chávez farão uma cerimônia para comemorar a colheita de soja cultivada numa parceria de tecnologia brasileira e venezuelana. A solenidade ocorrerá justamente no momento em que o Senado Federal estará definindo o possível ingresso da Venezuela no Mercosul.

Há dois anos e meio, técnicos da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) repassam tecnologia e conhecimento para os especialistas venezuelanos no plantio de soja. Inicialmente serão colhidos grãos de 2.000 hectares de terras, na região Oriental da Venezuela tipicamente agrícola e de pecuária.

O objetivo na troca de tecnologias é que em três anos a Venezuela produza 70 mil toneladas de soja, em 35.000 hectares de hectares. Para os dois países, a presença dos presidentes da República nesta primeira colheita é simbólica e representativa, uma vez que os venezuelanos não têm na sua tradição o plantio de soja.

O último encontro entre Lula e Chávez foi em maio, em Salvador (Bahia), quando trataram de detalhes sobre a refinaria de Abreu e Lima, em Pernambuco, e do financiamento do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para a construção do metrô em Caracas (Venezuela).