Chávez diz que Irã ajuda Venezuela a encontrar urânio

REUTERS

CARACAS - O presidente venezuelano, Hugo Chávez, disse que o Irã está ajudando seu país a encontrar urânio, mas enfatizou que a Venezuela iria buscar energia nuclear apenas para uso pacífico. O governo da Venezuela diz estar trabalhando com a Rússia para desenvolver energia nuclear para fins não-violentos. O ministro de Mineração do país afirmou no mês passado que autoridades iranianas estavam ajudando na procura por urânio, tendo testes preliminares indicado grandes depósitos.

- Estamos trabalhando com vários países, com o Irã, com a Rússia. Somos responsáveis pelo que estamos fazendo. Estamos com o controle - disse Chávez a repórteres na região central boliviana de Cochabamba, durante uma reunião de presidentes esquerdistas latino-americanos.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e outros líderes ocidentais acusam o Irã de procurar fabricar armas nucleares e o governo norte-americano expressou preocupação com as relações cada vez mais crescentes da Venezuela com o Irã.

O Irã supre o país sul-americano, rico em petróleo, com tratores e mercadorias de consumo, incluindo bicicletas e laticínios. No mês passado, Chávez se comprometeu a entregar ao Irã 20 mil barris de gasolina por dia.

Chavez disse que a Venezuela só iria usar a energia nuclear com finalidades pacíficas, acrescentando que nenhum dos dois países pretende construir uma bomba nuclear.