França não vai enviar mais soldados ao Afeganistão - Sarkozy

REUTERS

PARIS - A França não vai enviar mais soldados para o Afeganistão, em vez disso quer ver um aumento da participação de tropas afegãs na guerra, disse o presidente Nicolas Sarkozy em entrevista divulgada nesta quinta-feira.

- É preciso ficar no Afeganistão? Eu digo que 'sim'. E ficar para vencer... Mas a França não vai enviar mais nenhum soldado - disse Sarkozy ao jornal Le Figaro.

A Grã-Bretanha concordou em princípio a enviar mais 500 soldados ao Afeganistão, disse na quarta-feira o premiê britânico Gordon Brown. Os Estados Unidos também estudam um grande aumento no número de soldados enviados para combater o Taliban.