Negociadores chegaram a acordo, diz assessor de Zelaya

REUTERS

TEGUCIGALPA - Negociadores do governo de facto de Honduras e do presidente deposto Manuel Zelaya chegaram a um acordo para encerrar a crise política do país, mas o texto ainda precisa ser aprovado pelos líderes de ambas as partes.

"Conseguimos chegar a um texto único que será submetido à discussão e análise do presidente José Manuel Zelaya Rosales e (do presidente de facto) Roberto Micheletti", afirmou Víctor Meza, chefe dos negociadores de Zelaya, em coletiva de imprensa.