Brown enviará mais 500 homens ao Afeganistão

Jornal do Brasil

LONDRES - A Grã-Bretanha anunciou que vai aumentar o número de soldados no Afeganistão para 9.500, o que significa um acréscimo de 500 militares em relação ao atual contingente, informou quarta-feira o primeiro-ministro britânico, Gordon Brown. O premier se comprometeu a enviar o reforço desde que o governo afegão acelere o treinamento de suas próprias forças e disponibilize equipamento militar adequado para seus soldados.

Me comprometi, em princípio, com um novo nível de forças britânicas, de 9.500 militares, que entrará em vigor assim que essas condições sejam cumpridas disse Brown no Parlamento.

O agravamento da violência na guerra liderada pelos EUA contra o Talibã aumentou a pressão pela mudança de estratégia no Afeganistão. Há mais de 100 mil militares ocidentais atuando no país e o Exército britânico é a segunda maior presença estrangeira, depois dos EUA, que mantêm 65 mil soldados.

Até o momento, 221 britânicos já morreram em serviço no Afeganistão, e Gordon Brown enfrenta pressões internas crescentes para repatriar parte do contingente.