Fidel acusa EUA de arrastarem Colômbia e Venezuela para a guerra

Agência AFP

HAVANA - O líder cubano Fidel Castro afirmou nesta segunda-feira que o governo da Colômbia cometerá uma deslealdade se autorizar os Estados Unidos a usar suas bases militares e advertiu que esse acordo poderá desatar em uma guerra fraticida com a Venezuela e uma tragédia latino-americana.

- A história não perdoará quem cometer essa deslealdade contra seus povos, nem os que utilizarem como pretexto o exercício da soberania para permitir a presença de tropas ianques - afirma Fidel em mais um artigo publicado na imprensa cubana.

O ex-presidente cubano afirma que se os Estados Unidos utilizarem as sete bases colombianas "para provocar um conflito armado entre dois povos irmãos (Colômbia e Venezuela), será uma grande tragédia".

- As forças ianques poderão promover uma guerra suja como fizeram na Nicarágua, inclusive empregando soldados de outras nacionalidades treinados por eles. Mas dificilmente o povo combativo, valente e patriótico da Colômbia se deixará arrastar para uma guerra contra um povo irmão como da Venezuela - afirma o líder comunista.