Casa Branca não reprova declarações de Biden sobre Rússia

Agência AFP

WASHINGTON, EUA - A Casa Branca não reprovou nesta segunda-feira as declarações recentes do vice-presidente Joe Biden que irritaram a Rússia, e correm o risco de abalar o esforço empreendido pelo presidente Barack Obama para relançar as relações entre Washington e Moscou:

- O presidente e o vice-presidente concordam sobre o fato de que é de nosso interesse melhorar as relações com a Rússia. Da mesma forma, é do interesse da Rússia buscar melhorar suas relações com nosso país, em uma série de temas importantes para as duas partes - declarou o porta-voz da Casa Branca, Robert Gibbs.

- O presidente levantou muitas destas questões durante sua recente viagem a Moscou, e o vice-presidente apoia estas políticas - afirmou Gibbs diante da imprensa, referindo-se à visita de Obama à Rússia no início de julho.

Em entrevista publicada no fim de semana passado pelo Wall Street Journal, Biden qualificou a Rússia de país enfraquecido por problemas econômicos e mais propenso a transigir com os Estados Unidos sobre grandes temas de segurança internacional.