Papa deixa hospital após cirurgia no punho

Agência ANSA

ROMA - O papa Bento XVI já deixou o hospital de Aosta, no Norte da Itália, após ter sido submetido a uma pequena cirurgia para corrigir uma fratura no punho direito. Ele passou seis horas no hospital.

Bento XVI sofreu uma queda esta madrugada na casa onde passa férias, em Aosta. Mesmo com o pulso frataurado, o papa celebrou missa e tomou o café da manhã. Só depois foi levado ao centro médico.

Na saída, o pontífice acenou com a mão esquerda para as pessoas que o esperavam.

Comunicado oficial do Vaticano informa que o papa fez uma cirurgia de 'redução e osteossíntese com anestesia local, e a colocação de imobilização, devido à queda acidental que sofreu e que causou uma fratura no pulso direito'.