Jacqueline Kennedy teve romance com o cunhado, diz escritor

Portal Terra

LONDRES - Jacqueline, a viúva do ex-presidente americano John Kennedy, teve um relacionamento amoroso de quatro anos com o cunhado, Robert Kennedy, após a morte do marido. A tese é sustentada pelo autor C. David Heymann, no livro Bobby and Jackie: A Love Story (Bobby e Jackie: uma História de Amor, em tradução do inglês), informou o Guardian nesta terça-feira.

O autor afirma, na publicação, que o romance foi tão intenso que quando Robert Kennedy foi assassinado, em 1968, foi Jacqueline, e não a mulher dele, que instruiu os médicos a desligarem os aparelhos que o mantinham respirando.

Heymann diz que as evidências são baseadas em depoimentos de pessoas que eram próximas da família Kennedy, como Gore Vidal, Truman Capote, Pierre Salinger e Arthur Schlesinger. No entanto, críticos dizem que o escritor cometeu diversos erros de interpretação em livros anteriores e o acusam de fabricar fatos.