Governo do Vietnã deseja que Robert McNamara descanse em paz

Agência AFP

HANÓI - O governo do Vietnã divulgou nesta terça-feira uma breve declaração sobre a morte do ex-secretário americano da Defesa, Robert McNamara, na qual expressa seu desejo de que ele descanse em paz. -Que descanse em paz - declarou Le Dung, porta-voz do ministério vietnamita das Relações Exteriores, ao ser entrevistado pela AFP sobre a morte do político americano. Le Dung não fez qualquer outro comentário.

McNamara, secretário da Defesa dos presidentes John Fitzgerald Kennedy e Lyndon Johnson que morreu nesta segunda-feira aos 93 anos, foi um dos mais ferrenhos defensores da intervenção norte-americana no Vietnã, antes de assumir seu erro.

No comando do Pentágono, de 1961 a 1968, ele chegou na época a reivindicar o nome de "guerra de McNamara" para o conflito no Vietnã. -Considero esta guerra muito importante, e estou satisfeito de ter meu nome associado a ela e de fazer todo o possível para ganhá-la - escreveu ele em 1964.

Depois da aposentadoria, o ex-secretário da Defesa admitiu ter cometido erros. - Erramos, e erramos feio - confessou McNamara em um livro de memórias publicado em 1995, intitulado "A tragédia e as lições do Vietnã".